Vocês já estão cansados de ouvir que para uma vida saudável e para obter melhores resultados nos seus treinos uma boa noite de sono é indispensável. Pessoas que dormem pouco não obtém a recuperação muscular desejável, sentem menos saciedade (e por isso comem mais) e minam de diferentes formas a sua saúde. O problema é que muitas pessoas só conseguem se exercitar no final do dia, após o trabalho, retornando para casa ainda com a adrenalina alta e tendo dificuldades para dormir. Então, a postagem de hoje vai para você que chega em casa sem sono depois de passar pela academia, estas dicas podem te ajudar a descansar melhor.

Nem sempre a culpada é a atividade física, muito pelo contrário, no geral ela ajuda a ter uma boa noite de sono. A primeira coisa a fazer é analisar sua rotina e ver se não existem outros fatores sabotando seu sono. Por exemplo, televisão, computador e eletrônicos no geral antes de dormir não são recomendados, eles podem tirar o seu sono. Cafeína após certo horário também pode te prejudicar, lembrando sempre que a cafeína não está apenas no café, mas também no mate, no chá verde, no chocolate, nos termogênicos e etc. Verifique se não anda ingerindo cafeína poucas horas antes de ir para a cama. O mesmo vale para nicotina, álcool e outras substâncias que sabotem seu sono.

É possível que após a prática de uma atividade física sua adrenalina fique alta durante algum tempo, mas existem formas de ajudar seu corpo a relaxar e dormir. Um bom banho quente costuma ser eficaz porque relaxa a musculatura e pode alterar a temperatura do corpo, o que seria um estímulo bioquímico para o sono, já que quando seu corpo está se preparando para dormir a temperatura corporal cai, razão pela qual é importante que você esteja aquecido. Mantenha o ambiente o mais escuro possível e em temperatura agradável. Até mesmo a luz de um relógio digital pode te prejudicar. É que nosso organismo se programa para induzir o sono dependendo do grau de escuridão, quando há luz ele pode se confundir e te programar para acordar. Sem contar que não tem nada pior do que ficar olhando para o relógio e pensando “se eu dormir agora, terei X horas de sono”. Ninguém merece esse terrorismo noturno.

Não deite com fome, o corpo está programado para não te deixar dormir se você estiver com fome. Coma alguma coisa, o suficiente para a sensação de fome passar. Quando o nível de açúcar no sangue diminui (papo técnico: hipoglicemia) e você não repõe o combustível, o corpo libera adrenalina como fonte secundária, uma espécie de combustível alternativo. O grande problema é que a adrenalina te deixa acordado e impede seu sono. Por isso, mais vale um sanduiche de pão integral e oito horas de sono do que jantar uma alface e dormir apenas 4 ou 5 horas. Acredite, depois de uma noite bem dormida, você come menos no dia seguinte.

Alguns alimentos podem colaborar com o seu sono, pois estimulam a produção de um hormônio chamado serotonina, que ajuda a relaxar e dormir: carnes magras, alguns peixes, leite e derivados, bananas e outros são uma boa escolha. A temperatura do alimento também colabora, alimentos quentes remetem a uma sensação de conforto que ajuda a relaxar. Se conseguir juntar os dois fatores, alimento + temperatura, melhor ainda. Por isso um copo de leite quente seja utilizado em larga escala para induzir o sono. Além disso, o leite tem uma substância chamada “tripofano” que provoca um leve efeito sedativo. Um chá quente também pode ajudar, desde que você tenha conhecimento das propriedades do chá que está tomando (não tome nada com cafeína). Teste o de camomila.

Uma dica fácil e muito mais eficaz do que a gente imagina é anotar na sua agenda TODOS os compromissos do dia seguinte, desde os pequenos como comprar pão e leite, até os grandes como uma reunião de trabalho. Ao anotar tudo, seu cérebro se sente mais tranquilo para “se desligar” daquelas obrigações que antes ficariam em stand by. Faça o teste, parece pouca coisa mas costuma ser bastante eficiente. De tempos em tempos verifique se o seu colchão e o seu travesseiro atendem às suas necessidades, pois muitas vezes com a rotina do dia a dia nem lembramos que eles existem.

Gaste um pouco do seu tempo aprendendo e entendendo seu sono, isso vai fazer uma diferença fundamental não apenas no seu treino, mas também no seu humor, no seu rendimento profissional, enfim, na sua vida. Esteja atento ao seu sono e se sentir algo errado, não pense duas vezes e consulte um médico.

Para dúvidas, sugestões ou informações de treinos: contato@oseupersonal.com.br
Curta nossa Fanpage: www.facebook.com/Oseupersonal
Siga-me no twitter: www.twitter.com/Oseupersonal
Instagram: Instagram.com/Oseupersonal

,

About Author

Personal trainer e proprietátio da empresa Oseupersonal.

Leave a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *