Tênis: você está fazendo isso errado
Tênis: você está fazendo isso errado

Por mais tentador que pareça, é um erro escolher o tênis pela aparência. Um erro que pode custar muito caro, com trocadilho. É muito difícil esgotar o assunto em uma única postagem, por isso hoje vou tentar dar apenas uma noção geral dos critérios que devem ser utilizados para a escolha de um tênis.

A primeira coisa a se levar em conta é o tipo de atividade física que se pretende praticar. Existem tênis específicos para as mais diversas atividades: desde corrida até mesmo dança. Você sabe qual atividade pretende praticar? Se não sabe ou se pretende praticar várias atividades, dentre elas corrida, recomendo que compre um tênis de corrida. E nunca, repito, NUNCA, compre modelos falsificados. Eles podem acarretar sérias lesões.

Depois de fazer um primeiro filtro pela categoria da atividade que vai praticar, você deve fazer um segundo filtro tomando como referência o seu pé. Existem basicamente três tipos de pés: os NORMAIS, os CAVADOS e os CHATOS. Como saber qual é o seu pé? Simples, pela sua “pegada”. Molhe os pés, pise em uma superfície plana e observe a marca da sua pegada. Os pés CHATOS deixarão quase todo o pé marcado no chão, os pés NORMAIS deixarão uma pegada mais fina com ligação entre a ponta do pé e o calcanhar e os pés CAVADOS não apresentarão ligação entre o calcanhar e a parte da ponta (ou então uma ligação muito fina).

O terceiro filtro na compra de um tênis deve ser a sua PISADA. Ela pode ser: PRONADA, NEUTRA ou SUPINADA. Existem lojas de calçados que possuem aparelhos específicos para classificar a pisada dos clientes: uma plataforma sensível que detecta qual parte do pé é mais solicitada ao pisar. Caso você não tenha acesso a este aparelho, pode pedir para alguém observar sua pisada ou ainda buscar pistas sobre ela nos seus sapatos usados (verifique onde o desgaste é maior no solado do seu tênis antigo).

Na pisada PRONADA, a pessoa toca o solo prioritariamente com a parte interna do calcanhar e impulsiona o movimento com a região do dedão. Na pisada NEUTRA, se apóia a parte externa do calcanhar com mais intensidade e o impulso parte da região do dedinho e na pisada SUPINADA, a tendência é tocar o solo com a parte externa do calcanhar. Grandes marcas possuem tênis classificados por pisadas.

Ciente do tipo de atividade que se pretende praticar, do seu tipo de pé e do seu tipo de pisada, é possível escolher um tênis adequado. Porém, outros fatores também devem ser levados em conta, como por exemplo seu sistema de amortecimento. Cada marca tem um sistema diferente.

Por exemplo, uma grande marca que divulga usar molas em seus tênis, na verdade tem um sistema amortecimento através de bolhas de ar. A mola está só no nome, se você abrir o tênis não verá mola alguma do lado de dentro, na verdade ele tem o “efeito” de uma mola e não a mola em si. Em minha modesta opinião, de todos os sistemas de amortecimento, o melhor é aquele com gel.

Também é importante que você experimente o tênis e que ele fique confortável. Além de confortável, ele deve se ajustar bem ao pé e estabilizar o tornozelo. Cor, aparência e estampas devem ficar em último lugar, apenas como critério de desempate.

Para finalizar, no caso específico dos tênis de corrida, podemos dividir em cinco grupos diferentes: estabilidade (stability), controle de movimento (motion control), amortecimento (cushion), perfomenace (performance ou lightweight) e trilha (trail), classificações que variam conforme o terreno onde se pretende correr e a estrutura física do corredor.

Por incrível que pareça, até o horário da compra pode influenciar. Sempre recomendo às minhas alunas que, na medida do possível, comprem seus calçados até o final da tarde, pois na parte da noite os pés costumam ficar mais inchados, o que pode levar a uma escolha errada.

Um tênis errado pode causas conseqüências pequenas como bolhas nos pés e perda das unhas ou até mesmo conseqüências graves, como fraturas e tendinites. Vale a pena investir em um tênis de boa qualidade se você levar em conta sua durabilidade e os benefícios que ele proporciona.

, , , , , ,

About Author

Personal trainer e proprietátio da empresa Oseupersonal.

Leave a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *