Hoje vamos falar do suplemento mais popular nas academias hoje em dia: Whey Protein. É um shake de proteínas ingerido com o objetivo de fornecer matéria prima para a recuperação muscular. Seus usuários geralmente o utilizam como combustível para ganho de massa muscular. Agora a pergunta extremamente polêmica: Quando tomar Whey? A melhor pessoa para responder a esta pergunta, sem dúvida alguma é um nutrólogo, depois de avaliar as condições pessoais de cada aluno. Mas, vamos falar de uma forma geral sobre o tema com a ajuda da nutricionista e também minha mãe. Rs

O único consenso que se tem sobre o assunto é que você deve tomar uma dose de Whey Protein antes de dormir, pois durante o sono é que se opera de forma significativa a recuperação muscular e o Whey é fundamental neste processo. Isso ninguém discute: uma dose de Whey antes de dormir.

A grande discussão começa quando se pergunta qual seria a melhor opção: ingerir Whey ANTES ou DEPOIS do treino. Além de ser um assunto controverso, os defensores das duas correntes costumam ser um tanto quanto intransigentes com opiniões contrárias. É o meião da suplementação.

Aqueles que defendem a ingestão de Whey APÓS o treino utilizam os seguintes argumentos: após o treino o metabolismo é acelerado, gerando a chamada “janela da oportunidade”, ou seja, um período de tempo onde o organismo absorverá as proteínas de forma mais eficiente. Acreditava-se que esta “janela da oportunidade” ocorria até meia hora após o treino, hoje já se acredita que ela dure apenas dez minutos pós-treino. Alegam também que se você ingerir o Whey antes do treino, essa proteína será utilizada como fonte de energia do corpo para treinar, em vez de ser absorvida.

Porém surgiu um novo entendimento baseado em pesquisas de grandes universidades como a Universidade de Birmingham e Michigan State University indicando que a ingestão do Whey ANTES do treino gera mais massa muscular em função da maior absorção de uma substância pelos músculos (papo técnico: músculos absorveram mais phenilalanina). Além de ser mais eficiente para o ganho de massa também há indícios que levam a crer que a ingestão de Whey pré-treino aumenta a queima de gordura, pois aumentaria o gasto de energia durante o treino. Concluiu-se que o Whey pré-treino aumenta a oxidação da gordura no organismo. Difícil de explicar o motivo sem ser excessivamente técnico: quando você disponibiliza ao seu organismo as substâncias contidas no Whey desencadeia um ambiente propício para maior queima de gordura. Este estudo é muito recente, salvo engano foi realizado em 2009. Por isso, muitos profissionais que não tem o bom hábito de ler publicações científicas (na maior parte das vezes, estas se encontram em inglês), podem não ter conhecimento sobre estas pesquisas.

Há quem negue a validade desta recomendação de Whey pré-treino e conteste os estudos científicos. Há quem os valide. Então, como saber qual é a melhor opção? Procurando um nutrólogo que avalie sua alimentação, seu preparo físico, seu percentual de gordura, sua disponibilidade para treino e outros fatores, de modo a avaliar qual a melhor forma de ingestão de Whey Protein. Não tem intenção de procurar um nutrólogo? Então sugiro que você se teste. Seja você mesmo sua cobaia: realize o mesmo treino durante dois meses, porém alterne o momento de ingestão de Whey em cada um dos meses. Não é um resultado 100% seguro, pois o ganho de massa e a perda de gordura dependem de uma série de outros fatores, como alimentação e sono, mas poderá te dar um indicativo. Porém, devo adverti-los que não recomendo a auto-suplementação sem a avaliação de um nutrólogo.

Existem ainda aqueles que, na dúvida, preferem ingerir Whey ANTES e DEPOIS do treino. Alguns ingerem uma dose antes e uma dose depois, outros ingerem meia dose antes e meia dose depois. Eu, particularmente, sinto melhores resultados na ingestão de Whey ANTES do treino. Mas eu não sou dono da verdade e respeito quem pensa de forma diferente, afinal, corpo humano não é matemática, nem sempre o que funciona muito bem para um gera o mesmo resultado em outro. Em todo caso, minha dica é que você ao menos tente usar o Whey pré-treino por algum período, pois há indícios conclusivos de que ele pode ser muito benéfico.

ATENÇÃO, o objetivo deste texto não é te convencer a tomar seu Whey protein antes do treino, é apenas te informar sobre a controvérsia que existe, para que você não acredite que o Whey pós-treino é a única forma de ingestão. Consulte um bom nutrólogo especializado na área e peça para ele avaliar quais são as suas necessidades.

Para dúvidas, sugestões ou informações de treinos: contato@oseupersonal.com.br
Curta nossa Fanpage: www.facebook.com/Oseupersonal
Siga-me no twitter: www.twitter.com/Oseupersonal
Instagram: Instagram.com/Oseupersonal

, , , ,

About Author

Personal trainer e proprietátio da empresa Oseupersonal.

Leave a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *