Palhaço como este indivíduo deveria estar assim...
Palhaço como este indivíduo deveria estar assim…

Polêmica na web, com direito a barraco! Pessoa sem diploma e sem autorização do CREF dando aula como se professor de

educação física fosse. Não falo de professor provisionado, falo de uma pessoa que, ignorando a lei que exige formação específica, se sentiu no direito de não cumpri-la e ainda atacar quem o critica com os infantis argumentos como “recalque” e “inveja”.

 

É LEI. Gostemos ou não, É LEI ter diploma ou ser provisionado para ser professor de educação física ou personal trainer. É simples assim: É LEI. Que tipo de pessoa se sente no direito de passar por cima da lei por não concordar com ela? Já pensaram a barbárie que a sociedade viraria se cada um de nós passasse por cima das leis com as quais não concorda?

 

Pior do que passar por cima da lei e ainda bater boca achando que está certo é desmerecer quem estuda usando falácias burras como tentar induzir o leitor a achar que quem pega em um livro não tem noção da prática. Lamento informar, mas existem profissionais que tem vasto conhecimento teórico e prático. Não há o que relativizar, não há o que argumentar, apenas se desculpar. Mas em vez disso, emerge uma agressividade doentia de quem está tão errado, mas tão errado, que já não consegue ver seu próprio erro.

 

Prática é importante sim, mas ela nunca substituirá os livros. A prática pressupõe tentativa e erro, essa é a premissa básica do meio empírico. Eu jamais faria um aluno meu de cobaia, testando na base da tentativa e do erro. Você gostaria de ser cobaia de alguém? Se a lei exige diploma, é por entender ser necessário estudo + prática. Mas tem gente que se acha acima da lei e ainda ridiculariza os “doutores da teoria” que se deram ao trabalho de cursar uma faculdade e estudar, como manda a legislação.

 

Já pensou se amanhã outas pessoas decidem fazer o mesmo em outras práticas que a lei exige diploma? Já pensou uma pessoa operando a outra sem cursar faculdade de medicina? Que tal uma pessoa construindo um prédio sem ter cursado faculdade de engenharia? Grave, muito grave. Se a sociedade não começar a repelir esse tipo de arrogância megalomaníaca vamos acabar muito mal.

 

Casos assim são revoltantes e corriqueiros no meio da educação física, talvez por ser uma profissão recentemente regulamentada. O CREF e o CONFEF ainda engatinham, longe de realizar a fiscalização necessária. Além desses casos bizarros de exercício irregular da profissão, deixam passar inúmeros casos de estelionato intelectual de “professores” sem ética que prescrevem séries à distância para os alunos, prática já condenada publicamente pelo órgão.

 

Em um país sem lei, cabe a vocês se protegerem sozinhos. Não contratem profissionais sem diploma. Não contratem profissionais que prescrevam suplementos alimentares, pois professor de educação física não está autorizado a fazê-lo. Não contratem profissionais que prescrevem série à distância, muitas vezes sem sequer conhecer o aluno, pois além de ser um risco para sua saúde dificilmente surtir bons resultados.

Peneirem por conta própria a quem vocês entregam seu corpo, pois se for depender de fiscalização e do bom senso de quem atua na área, vocês estão perdidos.

 

Para dúvidas, sugestões ou informações de treinos: contato@oseupersonal.com.br
Curta nossa Fanpage: www.facebook.com/Oseupersonal
Siga-me no twitter: www.twitter.com/Oseupersonal
Instagram: Instagram.com/Oseupersonal

,

About Author

Personal trainer e proprietátio da empresa Oseupersonal.

Leave a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *