Precisa  legenda?
Precisa legenda?

TPM significa Tensão Pré Menstrual mas bem que poderia significar Tá Pedindo Morte. Brincadeiras à parte, TPM é coisa séria e pode provocar mais de cem sintomas diferentes, todos muito desagradáveis. Mas existem meios para atenuá-los e um deles é a atividade física. Veja a seguir dicas para minimizar estas crises.

Os desconfortos da TPM são causados basicamente pela oscilação de um hormônio chamado estrógeno. O corpo diminui a produção de estrógeno no período pré-menstrual, o que pode causar irritação e uma série de outros sintomas, chegando até mesmo à depressão. Para completar, também aumenta a produção de progesterona, o que pode causar outros tantos sintomas, como inchaços e dor de cabeça. Tá achando que é frescura? Se tem uma coisa que eu aprendi nessa vida é a ter muito cuidado respeito com uma mulher em TPM!

Existem diversos estudos comprovando que a prática regular de atividade física diminui e, em alguns casos, até mesmo elimina os sintomas da TPM. Só para citar um deles: um estudo realizado pela University of British Columbia, em Vancouver, comprovou que a liberação de endorfina após a atividade física atenua muitos sintomas. A endorfina funcionaria como uma espécie de “hormônio anti-estresse”, bloqueando os sinais de dor e desconforto antes que eles cheguem ao sistema nervoso. Um plus: A prática regular de atividade física, além de atenuar ou até mesmo eliminar os desconfortos da TPM também pode ajudar a diminuir as cólicas menstruais.

Muitas mulheres perguntam se é possível treinar durante a TPM. É muito comum ouvir o velho discurso “Não há qualquer contra-indicação em treinar na TPM ou durante o período menstrual”. Normalmente este discurso costuma vir de pessoas que não tem TPM, certo? Acredito que a questão não seja tão simples. É preciso avaliar caso a caso para entender a necessidade da mulher nestes períodos. Um treino realizado de forma inadequada pode acabar causando mais prejuízos do que ajudando!

Por exemplo, algumas mulheres apresentam queda de pressão, nesses casos não convém forçar um treino que a leve à exaustão. Por isso é importante que a aluna seja sincera com o professor e comunique eventuais sintomas que estejam afetando seu treino. Durante as crises de TPM podem ser necessárias uma série de adaptações para que o treino não se torne um sofrimento. O professor que ignorar esta realidade corre o risco de perder a aluna (e alguns dentes, talvez).

A atividade física também pode ajudar a manter a dieta nesta fase complicada do mês. Muitas mulheres sentem o impulso de comer em excesso durante esse período, principalmente doces. Isso acontece porque durante esse período pode ocorrer a diminuição de serotonina, um hormônio responsável pela sensação de bem estar. Uma forma rápida de desencadear a produção de serotonina é justamente comendo doces.

Porém, existe outra forma de obter sensação de bem estar sem precisar apelar para o chocolate. Adivinha qual é a outra opção? Isso mesmo, praticar atividades físicas regularmente aumenta a sensação de bem estar. Eu disse REGULARMENTE, ok? Pelo menos três vezes na semana, por um período de tempo prolongado, e uma atividade ininterrupta, que demande um mínimo de esforço do seu corpo. A tendência é que o corpo peça menos chocolate, já que o exercício aumenta a produção de serotonina.

Não são apenas os exercícios que podem te ajudar. Alguns alimentos atenuam a oscilação de humor (algumas frutas e cereais, por exemplo). Conheço relatos de pessoas que atenuaram aquela vontade de chorar sem motivo com a ingestão de bananas. Há quem sinta atenuada a vontade de comer doces com a ingestão de maçã. Azeite e alguns chás podem te ajudar a combater o inchaço. Enfim, longe de mim prescrever alimentação, apenas quero mostrar que existem alimentos que podem te ajudar. Porém eles devem ser ingeridos regularmente, pelo menos dez dias antes do período de TPM.

O ciclo menstrual interfere em todo o organismo feminino. Só para vocês terem uma idéia de como pode interferir em um treino, vejam o título do estudo realizado pelo American Journal of Sports Medicine: “Efeitos do ciclo menstrual sobre o risco de lesão no ligamento cruzado anterior”. Da próxima vez que te disserem que o ciclo menstrual não deve interferir no seu treino, pergunte dos efeitos do ciclo menstrual sobre o risco de lesão no ligamento cruzado anterior.

Comece hoje um investimento a longo prazo no seu bem estar. A prática devidamente pensada e supervisionada de atividade física pode te ajudar mais do que você imagina. Faça o teste e se não der certo pode me mandar um e-mail me xingando quando entrar na TPM.

Para dúvidas, sugestões ou informações de treinos: contato@oseupersonal.com.br
Curta nossa Fanpage: www.facebook.com/Oseupersonal
Siga-me no twitter: www.twitter.com/Oseupersonal
Instagram: Instagram.com/Oseupersonal

,

About Author

Personal trainer e proprietátio da empresa Oseupersonal.

Leave a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *