"Existe uma forma mais inteligente de driblar a morte"
“Existe uma forma mais inteligente de driblar a morte”

Sedentarismo é mais nocivo do que se imaginava. O simples fato de não se exercitar faz mais mal ao seu corpo que muitos hábitos notoriamente nocivos. É o que constatam uma série de pesquisas recentes.

Um estudo publicado recentemente pela Universidade de Cambridge comprovou que não praticar atividade física mata mais do que estar obeso. A pesquisa constatou que ao eliminar a inatividade a taxa anual de mortalidade na Europa diminuiria 7,5%, o equivalente a 676 mil vidas por ano. Eliminando a obesidade, apenas metade destas mortes seriam evitadas.

Some-se a ela outra pesquisa realizada pela renomada Universidade de Harvard, em escala mundial, onde se constatou que o sedentarismo mata 5,3 milhões de pessoas por ano, ganhando até mesmo do tabagismo, responsável pela morte de 5,1 milhões de pessoas anualmente. Resumindo, está provado, em números: ser sedentário é pior do que ser obeso e fumante.

Essas pesquisas são de extrema importância, pois ainda existem pessoas que acreditam que com dieta e emagrecimento se garante um corpo saudável. Sem atividade física regular não há saúde. Isso porque o corpo humano foi pensado para horas e mais horas de atividade diária, desde os tempos em que tínhamos que caçar nosso almoço.

Hoje em dia a rotina do mundo moderno não exige tanto da máquina que é nosso corpo e, consequentemente, ela apresenta problemas pelo não uso, como qualquer máquina que fica muito tempo parada. Não deixe seu corpo enferrujar, por mais magro que ele esteja, um corpo sedentário nunca será totalmente funcional.

Fica a constatação: corpos magros também sofrem com sedentarismo. Atividade física não se resume a emagrecimento, atividade física é fortalecer seu corpo como se fortalece uma máquina, melhorando seu funcionamento e garantindo longevidade. Assim como você coloca óleo no seu carro para garantir a longevidade do motor, deve se exercitar para garantir o bom funcionamento do seu corpo.

E nem precisa de muito: simples dez minutos de exercícios diários já geram resultados significativos segundo a Fundação Britânica do Coração: reduzem quase que pela metade o risco de doenças graves como doenças do coração e AVC. O ideal seriam trinta minutos diários de exercícios, mas dez minutos é um bom começo e já gera benefícios.

Não precisa de dinheiro, não precisa de academia, não precisa de muito tempo. Uma caminhada já está de bom tamanho, para começar.  Só depende de você. Não deixe seu corpo enferrujar por falta de uso. A saúde e qualidade de vida que você terá dentro de vinte anos será determinada por suas escolhas hoje.

, ,

About Author

Personal trainer e proprietátio da empresa Oseupersonal.

Leave a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *