Para você que pensava que ser sedentário não era o ideal mas também não era nada tão grave, pense duas vezes. Um estudo publicado em uma revista médica britânica chamada The Lancet comprovou que o sedentarismo mata tanto quando o cigarro e é responsável por mais de CINCO MILHÕES de mortes por ano. O pior vem agora: cerca de um terço da população mundial é sedentária.

Foram consideradas sedentárias pessoas que não praticam exercícios moderados (como por exemplo uma caminhada leve) por pelo menos 30 minutos ou então pessoas que não praticam atividades mais intensas por pelo menos 20 minutos, ou seja, não foi utilizado nenhum critério muito rigoroso. Ainda assim, os resultados foram surpreendentemente negativos.

Os estragos feitos pelo sedentarismo e seu impacto na saúde pública são de tal porte que hoje ele é tratado como uma pandemia, ou seja, uma epidemia mundial. O estudo constatou que o sedentarismo diminui a expectativa de vida tanto quanto o tabagismo ou a obesidade, tamanho o mal que faz ao organismo. Ou seja, você pode não ser obeso e não ser fumante, mas se for sedentário está, apenas pelo sedentarismo em si, diminuindo sua expectativa de vida e minando a sua saúde. Mais: o estudo comprovou que o sedentarismo é o responsável por cerca de 10% das doenças não-transmissíveis como por exemplo câncer e problemas cardíacos.

Os números são alarmantes, por incrível que pareça os mais acomodados são os jovens, 80% dos jovens entre 13 e 15 anos não se exercitam . O sedentarismo é mais recorrente em mulheres e em países ricos. No Brasil os dados continuam alarmantes: 49% da população é sedentária, ou seja, quase metade da população do país está majorando suas chances de doenças fatais e diminuindo sua expectativa de vida.

Graças a estes números alarmantes estamos vendo um desdobramento cruel: jovens com problemas de saúde atípicos para sua idade são uma crescente. Outro estudo britânico constatou que o número de jovens que se queixam de dores nas costas é o mesmo que de aposentados. A causa principal desde aumento de dor nos jovens, ainda segundo o estudo, é o sedentarismo.

Reduzindo o sedentarismo em apenas 10% (que não é um objetivo tão difícil) poderíamos evitar cerca de meio milhão de mortes por ano. Em contrapartida, se o sedentarismo persistir, pode causar um aumento para a propensão genética à obesidade: pais obesos tem mais chance de filhos obesos, criando um círculo vicioso que pode detonar a saúde mundial.

Fica o alerta, pois muita gente acha que basta não fumar e não estar obeso para assegurar sua saúde: sem atividade física a saúde fica comprometida. O corpo humano foi feito para se movimentar e o sedentarismo gera consequências nocivas. Independente de outros fatores, o não se exercitar majora seu risco a uma série de doenças e reduz a sua expectativa de vida. Precisa de mais motivo do que isso?

Para dúvidas, sugestões ou informações de treinos: contato@oseupersonal.com.br
Curta nossa Fanpage: www.facebook.com/Oseupersonal
Siga-me no twitter: www.twitter.com/Oseupersonal
Instagram: Instagram.com/Oseupersonal

, , ,

About Author

Personal trainer e proprietátio da empresa Oseupersonal.

Leave a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *