Atendendo o pedido de uma galera que me pediu para falar do assunto após assistirem eu realizando a liberação miofascial antes do meu treino de crossfit, hoje vamos explicar o que é e seus benefícios. Vem conferir o que é liberação miofascial.

Pra começo de conversa precisamos saber o que é a fascia, para em seguida entender o grau de importância de sua liberação. A fascia é um tecido conjuntivo, composto por colágeno e elastina, que envolve cada músculo e grupo muscular, além de ossos, nervos, vasos sanguíneos e órgãos do corpo. A fáscia ajuda em manter a força muscular pois ajuda o músculo a exercer mais eficientemente a contração e permite um  fácil deslizamento dos músculos entre si transmitindo, assim, tensões mecânicas geradas pela atividade muscular e reduzindo a fricção. A fáscia é rica em neurônios sensoriais e desempenha um papel vital na geração de respostas proprioceptivas e de dor, por isso qualquer alteração na fáscia pode criar alterações no movimento de deslizamento entre o músculo e a fáscia tornando essa fáscia fixa em uma posição, que é conhecida como restrição miofascial. Essa restrição produz diminuição do movimento corporal e dor e pode potencializar o risco de uma lesão.

Essa técnica de liberação miofascial tem como por objetivo: aliviar a dor, restaurar função e mobilidade e corrigir sequelas de traumas físicos. Além disso, visa quebrar o tecido cicatricial e as aderências que causam dor, rigidez, fraqueza, dormência e disfunções físicas associadas a lesões. Somado a tudo isso, a liberação miofascial melhora a mobilidade e amplitude de movimento, reduz o tecido cicatricial e adesões, diminui o tônus dos músculos hiperativos, melhora a qualidade do movimento, reduz a rigidez arterial e melhora a função endotelial vascular. A pressão exercida pela liberação miofascial pode inibir os fusos musculares e estimular os OTG, assim como alterar o tônus muscular levando a um relaxamento muscular, permitindo que os músculos se contraiam e se alonguem de modo mais eficiente.

A liberação miofascial manual envolve o uso de técnicas como fricção, deslizamento, compressão, alongamento, percussão e vibração. A forma que eu postei no meu insta foi deslizando sobre um rolo que específico para isso.

Resumindo: A liberação miofascial antes do treino prepara melhor sua musculatura para o qual ela será exigida, podendo assim prevenir lesões, diminuir nódulos de tensão e consequentemente minimizar as dores pós treinos.

Segue alguns modelos de equipamentos específicos para liberação miofascial:

 

images

 

 

Para dúvidas, sugestões ou informações de treinos: contato@oseupersonal.com.br
Curta nossa Fanpage: www.facebook.com/Oseupersonal
Siga-me no twitter: www.twitter.com/Oseupersonal
Instagram: Instagram.com/Oseupersonal

 

 

 

, ,

About Author

Personal trainer e proprietátio da empresa Oseupersonal.

Leave a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *